Futebol, Profissional

O jogo de hoje vale muito mais que os três pontos para o Marília Atlético Clube (MAC). Diante do Taboão da Serra, às 19h, no estádio Bento de Abreu, o time tentará provar que a derrota na estreia para a Portuguesa Santista (3 a 1), com uma apresentação abaixo do esperado, não passou de um dia ruim. “Todos nós sentimos a derrota e reconhecemos que não fomos bem, mas o torcedor pode ter certeza que neste segundo jogo será bem diferente”, declarou o técnico Luciano Quadros.
O meia Léo Franco endossou as palavras do treinador e pediu apoio do torcedor maqueano. “A gente sabe que é uma torcida que apoia bastante e é o que precisamos nesse momento. Nosso grupo é forte e não foi montado para brigar contra o rebaixamento, mas sim para classificar e buscar o acesso”, frisou.
O MAC vai estrear em casa de ‘roupa nova’. Ontem à tarde foi apresentado o novo uniforme de jogo, já que diante da Portuguesa Santista, a equipe atuou com a camisa de 2016. Contra o Taboão, o Alviceleste vai tentar também melhorar seu desempenho no Abreuzão. Das últimas 21 partidas como mandante, o clube só venceu três (empatou cinco empates e perdeu 13).
Zagueiro liberado
No final da tarde ontem chegou ao fim a ‘novela’ Alessandro Lopes. O zagueiro saiu no Boletim Informativo Diário (BID) da Federação Paulista de Futebol (FPF) e está à disposição do técnico Luciano Quadros. A diretoria maqueana chegou ir até ao Fórum de Marília ontem pela manhã, pegar um documento assinado pelo juiz do trabalho Flávio Henrique Garcia Coelho, afirmando que não há valores envolvidos na transferência do atleta para o MAC.
A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) teria suspeitado que houve valores na transferência de Alessandro e bloqueou a inscrição, já que com o acordo firmado em 2014 com entre Marília e Justiça do Trabalho, 30% de tudo arrecadado é destinado para pagar ações trabalhistas. Com a liberação, o zagueiro será titular contra o Taboão e deve entrar na vaga de Romário ou de Giba.
O técnico não revelou se fará mais alguma alteração. Ontem o treino foi fechado, mas a tendência é que não haja mais nenhuma modificação na equipe titular. A novidade entre os 19 relacionados é o meia Matheus Marcondele, que ficará com o a vaga de Léo Barbosa.
Taboão
Assim como o Marília, o Taboão da Serra também perdeu na estreia, mas a derrota foi em casa para a Matonense (2 a 0). O técnico Axel deve promover mudanças na equipe, a começar pelo gol. Victor Mathias deve substituir Aguiar. No meio, Danilo deve ir para o banco, promovendo Weslen ao time titular que terá mais uma vez Gualberto e Tiago Silva dando proteção a zaga.
Arbitragem
O árbitro para o jogo de hoje à tarde é Willer Fulgêncio Santos, auxiliado por: Orlando Massola Junior e Roberto Silva Dantas.

Marília – Éder; Marlon Cola, Alessandro Lopes, Giba (Romário) e Valmir; Agenor, Fábio Leite e Léo Franco; Filipe André, Gil Paraíba e Borebi. Técnico: Luciano Quadros.
Taboão da Serra – Victor Mathias; Vinícius, Chaba, Rafael Medeiros e Willian; Tiago Silva, Gualberto, Weslen, Caio e Adriano Gabiru; Acosta. Técnico: Axel.

Fonte: Jornal da Manhã

Share

Deixe uma resposta