Notícias

O Marília Atlético Clube (MAC) enfrenta hoje o Rio Branco, às 16h, fora de casa, pela 4ª rodada do Campeonato Paulista. O duelo é no estádio Décio Vitta, em Americana, mas também pode ser considerada a “casa maqueana”. Nas duas últimas partidas que realizou neste local, o Alviceleste não perdeu. Em 2012, por essa mesma divisão, vitória por 3 a 2, sendo que o Rio Branco terminou a competição como campeão e somente duas derrotas como mandante.

No ano passado os dois times foram rebaixados na Série A-2, mas no único confronto, realizado no Décio Vitta, empate em 1 a 1. Aliás, o MAC não perde para o Rio Branco desde 2006, quando foi goleado por 5 a 2, em Americana, pelo Paulistão. De lá para cá são apenas quatro jogos com três vitórias maqueanas (duas no Abreuzão) e um empate.

Para a partida deste sábado, o técnico Luciano Quadros não revelou o time titular. Ontem pela manhã, no último trabalho realizado no Abreuzão, o treinador fechou o portão. Porém, desfalque certo é o lateral-direito Marlon Cola, que sentiu uma lesão na coxa direita, ainda no primeiro tempo contra o Monte Azul (1 a 1). Seu substituto deverá ser Guilherme Holanda, que foi relacionado pela primeira vez na competição. Nas demais posições não deve haver modificações.

O desfalque de última hora foi o meia-atacante Matheus Marcondele, que era cotado para iniciar a partida diante do Rio Branco. O jogador sentiu fortes dores na coxa direita e também não viajou com a delegação, que saiu de Marília ontem por volta das 12h30. “Senti uma dor no adutor da coxa. Fui consultar com o médico e ele me disse para fazer exame urgente. Na quinta-feira eu também senti um pouco de dor, mas pensei que fosse só uma fadiga muscular, só que agora se intensificou e agora a gente vai ver o que precisa ser feito”, revelou Marcondele. O resultado do exame será divulgado hoje.

 

Rio Branco

Na 10ª posição com quatro pontos, o Rio Branco faz hoje sua estreia em casa, no estádio Décio Vitta. No único jogo como mandante até aqui, o clube teve que jogar em Bragança Paulista (empatou em 2 a 2 com a Portuguesa Santista), porque o estádio em Americana estava interditado pelo Corpo de Bombeiros e pela Polícia Militar. O time vem de derrota na última rodada para o Inter de Limeira (2 a 0), fora de casa.

O técnico João Batista deve fazer apenas uma mudança na equipe. O volante Keitá, que vem atuando improvisado na lateral-esquerda, tem sido responsabilizado por quatro dos cinco gols que o time levou até aqui. Lateral de ofício, Pablo deve ganhar a vaga. O jogador veio do Criciúma-SC, mas ainda não está bem fisicamente.

Arbitragem

Rodrigo Pires de Oliveira será o árbitro no duelo em Americana. Seus auxiliares são: Ítalo Magno de Paula Andrade e Edislandio Nunes Bernardo.

Rio Branco – Ronaldo; Mima, Rafael Rufino, Diogo e Pablo; Fábio Baiano, Bismarck e Tiago Silva; Wellington, Wallace e Júlio. Técnico: João Batista.

Marília – Eder; Guilherme Holanda, Alessandro Lopes, Giba e Valmir; Agenor, Juninho Ortega e Léo Franco; Diego Sales, Filipe André e Borebi. Técnico: Luciano Quadros.

Fonte: Jornal da Manhã

Share

Deixe uma resposta