Marília e Noroeste fizeram na noite deste sábado um dérbi regional marcado pelo equilíbrio e que acabou decidido graças a uma pintura do meia Matheus Marcondele, que fez o único gol da vitória por 1 a 0 do MAC na partida válida pela 10ª rodada da Série A3, disputada no estádio Abreuzão, em Marília. Aos 28 minutos do segundo tempo, o jovem revelado na base do Marília acertou um chute de curva, no ângulo, e decretou a vitória alviceleste.

Com a vitória, a segundo seguida, o Marília foi a 17 pontos e assumiu a sétima colocação da Sperie A3, dentro da zona de classificação à próxima fase. Já o Noroeste, que acumulou a sua terceira derrota em sequência, segue com 11 pontos, na 16ª posição, dentro da degola. Nesta temporada, os oito primeiros colocados passam aos playoffs, a fase de mata-mata que indicará os dois times que subirão para a Série A2, enquanto os seis piores classificados serão rebaixados para Segundona, o quarto e último nível do futebol estadual.

Pela 11ª rodada, a ser disputada no meio de semana, o Marília volta a jogar em casa na próxima quarta-feira, às 20h, quando recebe a Inter de Limeira no estádio Abreuzão. No dia seguinte, quinta-feira, às 20h, o Noroeste também joga diante de seu torcedor, no estádio Alfredo de Castilho, em Bauru, onde encara a Portuguesa Santista.

O jogo
No primeiro tempo, mesmo jogando com o apoio de sua torcida que compareceu em bom número ao Abreuzão – cerca de 2.739 torcedores pagaram ingresso –, o Marília viu o rival criar as principais oportunidades, principalmente através do meia Caio Taveira, que arriscou chutes perigosos aos 16 e aos 18 minutos, e ainda acertou o travessão do goleiro Éder, aos 25.
O Marília tentou na base do abafa e com o jogo aéreo, mas só levou perigo mesmo no último minuto da etapa inicial com Matheus Marcondele, que deixou o banco de reservas para substituir Fabiano Gadelha e acertou um belo chute, rasteiro, bem defendido por Airon.
No segundo tempo, o Marília teve sua maior chance do jogo logo aos 5 minutos com o atacante Borebi, que ficou livre na grande área e só não marcou porque o goleiro Airon fez uma grande defesa, com os pés. Aos 26, Du Gaia ficou livre na grande, mas chutou na mão do goleiro. Aos 28, porém, o goleiro Airon não teve qualquer chance e o MAC abriu o placar num belo chute de Matheus Marcondele, de curva, no ângulo. Golaço! Aos 37 minutos, o zagueiro Citta Júnior teve a chance do empate ao receber livre na grande área, mas chutar de primeira, para fora.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta